Parto Ativo- Guia Prático para o Parto Natural

Parto Ativo- Guia Prático para o Parto Natural
Lançamento Setembro 2017

quinta-feira, 18 de maio de 2017

http://thebookchimera.blogspot.pt/2017/05/amor-as-claras.html

Apenas uma rapariga perdida no vento... E nos livros.


Adorei o facto de, nesta obra, a autora se focar de igual forma na paixão de Caden e Makenna e na história que os rodeia. 

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Amor às Claras

A partir de hoje nas livrarias!


Caros leitores, aqui está a tão esperada continuação deCorações na Escuridão de Laura Kaye: Amor às Claras.

Não se esqueçam que, até ao fim do dia de hoje estão a tempo de participar no passatempo aqui no blogue e habilitar-se a ganhar um exemplar deste novo romance de Laura Kaye!

-----> Passatempo <-----


Em Corações na Escuridão deixámos Caden Grayson e Makenna James nos braços um do outro após quatro horas fechados num elevador escuro.

Agora, em Amor às Claras, reencontramos estas personagens num namoro de dois meses. Parece pouco tempo mas, apesar de não o dizerem, estão absolutamente apaixonados. Podem não o verbalizar, mas as suas ações e os seus pensamentos demonstram essa enorme paixão.

Chegada a Ação de Graças, este casal viaja até à terra natal de Makenna para passarem o feriado com a sua família. Primeiramente, Caden pensava que ela ia sozinha, mas Makenna nem pensou duas vezes, o seu namorado iria acompanhá-la. Ele não tinha família e, por isso, ela queria integrá-lo na felicidade do ambiente onde cresceu.

Caden luta para ganhar a coragem necessária. Não é bom com relacionamentos, o seu aspeto duro, com piercings e tatuagens, costuma afastar as pessoas e ele não se importa que isso aconteça.

Já na casa onde Makenna cresceu, o casal depara-se com o seu ex-namorado e ex-noivo. Cameron era um homem atraente e inteligente. Caden não compreende como é que Makenna conseguira passar de um homem como aquele para um homem como ele próprio, magoado e danificado pelos azares da vida. Nesse momento começa a derradeira desconfiança na sua capacidade de a fazer feliz.

Apesar de quase toda a familia ter recebido bem o casal, Ian, o irmão do meio e o melhor amigo de Cameron, insiste para que este tente recuperar o amor da sua irmã. Cameron investe numa proposta a Makenna, deixando Caden com os nervos à flor da pele.

Amor às Claras prometia e cumpriu. Este livro não ficou aquém das minhas espetativas. Poderíamos pensar que, após o termino do encontro no elevador, a história deste casal se tornaria desinteressante, mas confesso que isso não aconteceu.

Com uma linguagem simples, clara e familiar, onde abunda o diálogo, Laura Kaye conseguiu cativar-me do inicio ao fim. Li o livro numa tarde e tenho pena de não ter aproveitado melhor.

Adorei o facto de, nesta obra, a autora se focar de igual forma na paixão de Caden e Makenna e na história que os rodeia. Deixamos de ter apenas aquela dimensão privada e passamos a ter acesso, a conhecer as suas interações com o mundo exterior: os amigos de Caden e a família de Makenna.

Gostei da forma como foi descrita a ocupação dos paramédicos: salvar vidas, são a primeira linha de ajuda num momento de aflição. Caden, quando confrontado com a questão de seguir um curso de medicina nega essa intenção, afirmando que está no lugar onde sempre desejou estar.

Este livro, entre outras dimensões, é uma história de cura, superação e procura de paz. Caden sempre foi assombrado pelo passado, será que o conseguirá superar?

Apesar do final desta obra, desejava que existisse uma continuação. Não posso revelar o porquê, mas se lerem o livro compreenderão.

Por fim, quero agradecer à editora O Castor de Papel/4 Estações por me terem cedido um exemplar desta obra para opinião.