O Livro dos Chacras de Osho

O Livro dos Chacras de Osho
Lançamento 05 de Abril 2017

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

http://mymemoriesmyworld2014.blogspot.pt/2016/10/o-poder-do-amor-de-osho-opiniao.html

O Poder do Amor, de OSHO (Opinião)

 sexta-feira, outubro 28, 2016  1 Comments A+ a-


Sinopse:
   O amor devia ser desinteressado. O amor não precisa de ser orientado para o outro. O amor orientado para o outro não é amor verdadeiro; o amor como relação não é amor verdadeiro. O amor como estado de ser é amor verdadeiro. Uma pessoa pode amar uma mulher, pode amar um homem, pode amar os seus filhos, pode amar os seus pais, pode amar as rosas e pode amar outras flores, pode amar mil e uma coisas - porém, tudo isso são relações. 
   Aprenda a ser amor. Então, o que importa não é a quem o seu amor é dirigido, importa apenas que você seja amoroso. Mesmo que esteja sentado sozinho, o amor continua a fluir. Absolutamente só, calado, o que só, calado, o que pode fazer? Da mesma maneira que respira... você não respira pela sua mulher; não se trata de um relacionamento. Você não respira pelos seus filhos; não se trata de um relacionamento. Você limita-se a respirar – é a vida. Tal como respiração é a vida do corpo, o amor é a vida da alma – somos pura e simplesmente amor. E só então sabemos que o amor é “Deus”.

Opinião:
   Este é um tipo de livro que nunca tinha lido mas, como estou sempre disposta a novos desafios, aceitei experimentar algo totalmente diferente. 
   É um livro de fácil leitura, tem poucas páginas e deixa-nos com curiosidade suficiente para querermos chegar ao final e descobrir mais um pouco sobre os pontos de vista apresentados. É actual e tocante pois faz-nos ver que, nos dias de hoje, tudo é ciência e razão, deixando os sentimentos de lado. A meu ver precisamos de encontrar um equilíbrio pois tudo é importante e tudo deve estar presente.
   Este livro rompe com todas as crenças socialmente instituídas e por vezes é difícil aceitar certas visões apresentadas. Posto isto, não partilho de alguns pontos de vista apresentados  pois parecem-me demasiado radicais e são efectuadas demasiadas generalizações, ainda assim, penso que é sempre bom conhecer outras opiniões e outras formas de estar na vida.
   Tem comparações causa-efeito muito interessantes e levanta questões, nas quais não pensamos frequentemente mas, que são bastante pertinentes. Põe-nos então a reflectir e dá-nos uma visão completamente diferente sobre algumas dessas questões.
   Neste livro é também permanente a utilizaçãos de histórias/contos para explicar e expor as ideias que vão sendo apresentadas. Penso que este método ajuda na compreensão da mensagem que se pretende passar e capta mais a atenção do leitor.
   Tem algumas questões que podem ser mais controversas pois fala contra as religiões e poderá ser duro para as pessoas que as seguem. Não pensei que fizesse tantas analogias às religiões, pensei que se focasse só no tema do amor mas, segundo o autor, estes dois temas estão intimamente ligados.
   Contudo, para mim, este é sobretudo um livro que reflecte sobre a importância do amor na nossa vida e no mundo, tendo em conta como tudo seria melhor se déssemos mais atenção ao amor verdadeiro. 

   Fiquei surpreendida com este livro, nunca tinha lido nada deste autor e chega a ser chocante. Recomendo a quem já segue o autor, a quem faz meditação, ou simplesmente a quem procura algo diferente e desafiante.