Parto Ativo- Guia Prático para o Parto Natural

Parto Ativo- Guia Prático para o Parto Natural
Lançamento Setembro 2017

sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

O Novo Livro do Pêndulo utilização na China durante mais de quatro mil anos. Saiba mais em www.castordepapel.pt

Na China, durante mais de quatro mil anos, a principal
utilização da radiestesia tem sido a identificação dos tipos de energias existentes nos locais e nos materiais, permitindo a melhor instalação das pessoas e o aproveitamento mais racional de espaços e recursos, em função do controle das energias telúricas através das técnicas do “Feng Chui”. Tendo em conta a posição de árvores, plantas, rochas e outros elementos naturais, conseguem identificar ou criar espaços energeticamente equilibrados, ou com as energias próprias para determinados fins ou atividades. Em 1799, o padre Guinebbault traz da China para a Europa vários pêndulos utilizados na deteção de fontes aquíferas.
Os etruscos procediam igualmente à determinação antecipada dos locais favoráveis para se instalarem, através dos “augures”, que com as suas varas identificavam as energias existentes nos lugares. Essas técnicas foram mantidas pelos romanos, que as conservaram e transmitiram, sendo utilizadas durante a Idade Média em toda a Europa para a determinação dos locais mais indicados para a construção e orientação das grandes catedrais góticas. Mas uma das mais antigas utilizações da radiestesia teve por finalidade a determinação da existência de nascentes ou veios de águas subterrâneas, sempre necessárias à sobrevivência de homens e animais.