Amor às Claras de Laura Kaye.

Amor às Claras de Laura Kaye.
Lançamento 17 de maio de 2017.

quarta-feira, 20 de abril de 2016

http://thecelticwoods.blogspot.pt/2016/04/opiniao-o-livro-do-oraculo-do-sagrado.html- Celtic Woods, opinião "O Livro do Oráculo do Sagrado Feminino". Uma edição do Castor de Papel



20/04/16

(Opinião) ''O Livro do Oráculo do Sagrado Feminino'' de Vera Faria Leal


Opinião
O livro é dividido em 5 capítulos, sendo que cada capítulo é dividido em vários subcapítulos.
Logo no inicio temos uma introdução onde a autora nos fala da Grande Mãe, das suas várias faces, sobre o Sagrado Feminino e algumas correspondências e qualidades das energias yin (feminino) e yang (masculino).
Em seguida é nos apresentado como usar as cartas e cinco formas de tiradas (''A Tirada da Mandala Astrológica'', ''A Tirada Lunar e a Criatividade'', ''A Tirada da Vesica Piscis: O Resgate da Sombra'', ''Tirada para Relacionamentos'' e ''Tirada do Pentagrama para Autoconhecimento''. Cada tirada tem a sua explicação e o seu esquema/imagem.
Depois temos ''Os Naipes e as Cartas''; Este Oráculo possui nove naipes (''Roda das Deusas'', ''Roda do Ano'', ''Elementos'', ''Símbolos'', ''Feminino Consciente'', ''Arquétipos'', ''Lunações'', ''Masculino Consciente'' e ''Contos de Fadas e Mitos'') e possui 56 cartas (Afrodite/Vénus; Ártemis/Diana; Brigid; Deusa Una; Ísis; Kali; Kuan In; Sedna, Deusa Innuit do Mar; Yemanjá; Água; Ar; Éter/Espirito; Fogo; Terra; Beltane; Equinócio Outono/Mabon; Equinócio Primavera/Ostara; Imbolc; Lammas; Samain; Solstício Inverno/Yule; Solstício Verão/Litha; Círculo (Ouroboros); Espiral; Labirinto; Pentagrama; Serpente Kundalini; Taça/Graal; Triskele; Vesica Piscis; Paradoxo; Prazer (de Criar); Presença (no Agora); Processo (versus Produto); Amante; Anciã; Guerreira; Mãe; Musa; Rainha; Sábia; Sacerdotisa; Virgem; Lua Cheia; Lua Crescente; Lua Minguante; Lua Nova; Dionísio; Ivan, o Rei da Donzela; Homem Verde; Parsifal; Allerleirauh; Deméter e Perséfone; Donzela sem Mãos; Inanna e Ereshkighal; e Psique e Eros).
Em seguida temos a descrição de cada uma das cartas, do seu lado sombra e cada carta tem uma frase relacionada, como por exemplo, na carta de Yule ''Desenvolver a Intuição, Aprofundar a Fé, Meditar''.
Por fim temos ''Cartas do Sagrado Feminino e Plenitude Consciente'' onde encontramos quadros com as Deusas que compõem as cartas e como cada uma delas esta relacionadas com as outras cartas do Oráculo. Exemplo: Brigid-Água-Imbolc-Triskele-Paradoxo-Virgem-Lua Nova-Parsifal-Deméter e Perséfone.
Adorei este livro e fiquei encantada com a capa e com as cartas que vem de oferta.
Achei muito útil a oferta das 56 cartas pois a medida que vamos lendo e aprendendo podemos experimentar e praticar.
O livro tem uma linguagem simples e cuidada pelo que é de fácil leitura e de fácil compreensão.
Ainda bem que cada vez mais editoras portuguesas, neste caso a ''O Castor de Papel'', publicam livros deste género. Penso que este livro foi uma óptima aposta da editora e tenha a certeza que vai ter muito sucesso.
Recomendo a todos os apaixonados pelas artes divinatórias e a todos que queiram aprender sobre o Sagrado Feminino.
Capítulos
  • Introdução 
  • Tiradas: Deixe-se Inspirar pelo Oráculo do Sagrado Feminino 
  • Os Naipes e as Cartas 
  • As Mensagens das Cartas 
  • Cartas do Sagrado Feminino e Plenitude Consciente